Outras Carreiras

A obtenção de um diploma da graduação em Latim costuma ser um diferencial positivo no mercado de trabalho.

Assim, mesmo que o estudante não queira se dedicar à carreira de pesquisa acadêmica ou, não se vendo como um professor, às carreiras mais tradicionais do ensino, a formação em Latim pode lhe possibilitar uma colocação profissional em todas as áreas em que o domínio mais profundo da língua é requerido.

Desde pequenas firmas até grandes empresas e multinacionais podem representar um campo de trabalho para o estudante graduado em Latim. Escritórios de advocacia, por exemplo, um campo em que a língua latina ainda é usada em jargões processuais, constituem um ambiente em que o profissional com conhecimentos de latim facilmente se destaca. Agências de publicidade também podem se servir dos conhecimentos linguísticos e culturais dos estudantes de latim. O mesmo vale para o caso de instituições culturais, de âmbito público ou privado, como os museus.

Mas, de todos esses campos de trabalho, o mais comum ― e que tem se revelado também o mais promissor ― é a atividade em editoras. Os latinistas encontram a mais frequente acolhida no mercado editorial, realizando os mais diversos trabalhos de tradução, revisão, preparação de textos, edição, produção ou divulgação.